Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Rosmari Aparecida Rosa Almeida de
dc.contributor.advisorFerrandin, Jairo
dc.contributor.authorLima, Gabriela Bonardo de
dc.contributor.authorTeles, Giovanna Leme do Prado
dc.date.accessioned2021-02-09T17:49:37Z
dc.date.available2021-02-09T17:49:37Z
dc.date.issued2020-10-24
dc.identifier.urihttp://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/xmlui/handle/123456789/14586
dc.description.abstractA prematuridade é definida como o nascimento abaixo de 37 semanas de gestação, e nessa condição o bebê pode evoluir com lesões e consequentes sequelas motoras. A hemorragia peri-intraventricular (HPIV) é uma das principais lesões neurológicas que acometem o recém-nascido pré-termo (RNPT) e aqueles com menos de 27 semanas de idade gestacional, principalmente os de muito baixo peso, afetando a mielinização e organização do córtex cerebral, acarretando em possíveis prejuízos ao desenvolvimento neuropsicomotor (DNPM). Objetivo: Identificar atuação da fisioterapia sensório-motora precoce em RNPT, após episódio de HPIV grau I e II. Método: Foi realizada revisão da literatura nas bases SciELO, PubMed e Lilacs, por estudos que relacionaram a atuação da fisioterapia com a HPIV, porém, esses não foram identificados. Optou-se então, pela revisão integrativa, incluindo estudos identificados e independentes dos descritores, desenvolvidos pela equipe multiprofissional de saúde que atua na UTIN. Resultado: Foram encontrados 19 estudos (13 clínicos e 6 revisões), sendo que 58% foram publicados nos últimos cinco anos. Os estudos sobre a atuação da fisioterapia no cuidado do RNPT de baixo peso em geral, reportaram benefícios tais como, diminuição do estresse e dos níveis da dor, melhora no ganho de peso e do DNPM com a estimulação sensório-motora precoce. Resultados esses que podem interferir na prevenção e no cuidado das sequelas causadas pela HPIV, como o atraso no DNPM. Considerações finais: Não foi possível identificar a atuação fisioterapêutica sensório-motora precoce para os recém-nascidos pré-termo após hemorragia peri-intraventricular leve. Após discussão do tema, a presente revisão propõe um protocolo fundamentado nos resultados da atuação fisioterapêutica com recém-nascidos pré-termo de baixo peso que apresentam alterações do desenvolvimento neuropsicomotor por diferentes causas, e sugere novos estudos para validar o protocolo.pt
dc.description.abstractPrematurity is defined as birth below 37 weeks of gestation. peri-intraventricular hemorrhage (PIVH) is one of the main neurological lesions that affect preterm newborn babies (PTNB) and those with less than 27 weeks of gestational age, especially those of very low weight, affecting myelination and organization of the cerebral cortex, resulting in possible damage to neuropsychomotor development (NPMD). It’s important to highlight the performance of the multidisciplinary team, mainly the physical therapy treatment with early motor sensory stimulation, to reduce any motor dysfunctions resulting from neurological injuries and from length of hospital stay. Objective: To identify the performance of early sensory motor physiotherapy in preterm newborns, after grade I and II peri-intraventricular hemorrhage. Method: A literature review was carried out using SciELO, PubMed and Lilacs, looking for studies that related physical therapy to PIVH, but these weren’t identified. Then, we opted for an integrative review, including studies identified and independent of the descriptors, developed by the multi-professional health team working at the NICU. Result: 19 studies were found (13 clinical and 6 reviews), 58% of which were published in the last five years. Studies on the role of physiotherapy in the care of low-weight PTNs in general, reported benefits such as reduced stress and pain levels, improved weight gain and NPMD with early sensory motor stimulation. These results can interfere in the prevention and care of the sequelae caused by HPIV, such as the delay in the NPMD. Final considerations: It wasn’t possible to identify the early sensory motor physiotherapeutic performance for preterm newborns after mild peri-intraventricular hemorrhage. After discussing the topic, it was possible to propose a protocol based on the performance of physiotherapy with low weight preterm newborns with altered neuropsychomotor development due to different causes.en
dc.language.isopor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de Campinas
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectFisioterapiapt
dc.subjectRecém-Nascido Prematuropt
dc.subjectNeonatologiapt
dc.subjectHemorragia Peri-Intraventricularpt
dc.subjectEstimulação Precoce Neonatal e Estimulação Sensório Motora Neonatalpt
dc.subjectUnidade de Terapia Intensiva Neonatalpt
dc.subjectPhysiotherapyen
dc.subjectNewborn-Prematureen
dc.subjectNeonatologyen
dc.subjectPeri-Intraventricular hemorrhageen
dc.subjectEarly Neonatal Stimulation and Neonatal Motor Sensory Stimulationen
dc.subjectNeonatal Intensive Care Uniten
dc.titleEfeitos da estimulação sensório-motora precoce em recém-nascidos pré-termo, pós hemorragia peri-intraventricular grau I e IIpt
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso
dc.identifier.fileccv_fisioterapia_tcc_lima_teles
puc.centerCentro de Ciências da Vida
puc.embargo2022-10-24
puc.undergraduateProgramFisioterapia


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record