Show simple item record

dc.contributor.advisorHeidemann, Aline Maria
dc.contributor.advisorFerrandin, Jairo
dc.contributor.authorNadai, Taís Sacilotto de
dc.contributor.authorTaynara Fernanda Ribeiro Silva
dc.date.accessioned2021-02-09T17:49:38Z
dc.date.available2021-02-09T17:49:38Z
dc.date.issued2020-10-24
dc.identifier.urihttp://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/xmlui/handle/123456789/14590
dc.description.abstractTendo em vista que a hiperóxia ainda é uma situação ignorada pelos profissionais da saúde nos dias de hoje, podendo levar a complicações se não for corrigida corretamente, o presente estudo teve por objetivo uma avaliação da taxa de reinternação hospitalar e mortalidade de pacientes com hiperóxia após um ano de internação hospitalar. Realizou-se então, um estudo clínico e retrospectivo, analisando os pacientes do projeto “Análise dos valores de fração inspirada de oxigênio Versus saturação periférica de oxigênio em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva” realizado na Unidade de Terapia Intensiva no Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. Diante disso, dividimos os pacientes em dois grupos, o grupo A com saturação <97%, apresentou 36 (73,4%) óbitos, o grupo B com saturação ≥97%, apresentou 79 (56%) óbitos, p=0,03 e analisando a reinternação, no grupo A, 4 (8,1%) pacientes reinternados neste período e no grupo B, 17 (12%) pacientes reinternados, p = 0,11. O que impõe a constatação de que mesmo níveis inferiores a 97% de saturação periférica de oxigênio na UTI, os efeitos deletérios podem estar presentes ou relacionados ao índice de mortalidade. Porém, inconclusivo no que se refere re-internações hospitalares.pt
dc.description.abstractConsidering that hyperoxia is still a situation ignored by health professionals today, and can lead to complications if not properly corrected, the present study aimes to assess the rate of hospital re-admission and mortality of patients with hyperoxia after one year of hospitalization. Then, a clinical and retrospective study was carried out, which analyzed the patients in the project “Analysis of fraction of inspired oxygen values versus peripheral oxygen saturation in inpatients in the Intensive Care Unit” done in the Intensive Care Unit at the Hospital of Clinics at the State University of Campinas. Therefore, we divided patients into two groups, the group A with saturation <97%, presented 36 (73.4%) deaths, group B with saturation ≥97%, presented 79 (56%) deaths, p = 0.03 and analyzing re-hospitalization, in the group A, 4 (8.1%) patients readmitted in this period and in group B, 17 (12%) patients readmitted, p = 0.11. This imposes the observation that even levels below 97% of peripheral oxygen saturation in the ICU, the deleterious effects may be present or related to the mortality rate. However, inconclusive regarding hospital readmissions.en
dc.language.isopor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de Campinas
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectOxigenoterapiapt
dc.subjectHiperóxiapt
dc.subjectSaturação periférica de oxigêniopt
dc.subjectOximetria de pulsopt
dc.subjectGasometriapt
dc.subjectOxygen therapyen
dc.subjectHyperoxiaen
dc.subjectPeripheral oxygen saturationen
dc.subjectPulse oximetryen
dc.subjectGasometryen
dc.titleAvaliação da taxa de re-internação e mortalidade de pacientes com hiperóxia após um ano de internação hospitalarpt
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso
dc.identifier.fileccv_fisioterapia_tcc_nadai_silva
puc.centerCentro de Ciências da Vida
puc.undergraduateProgramFisioterapia


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record