Show simple item record

dc.contributor.advisorBrocchi, Beatriz Servilha
dc.contributor.advisorDuarte, Paula Maria Martins
dc.contributor.authorLemos, Mariana de Castro
dc.date.accessioned2021-03-29T14:31:50Z
dc.date.available2021-03-29T14:31:50Z
dc.date.issued2020-11-27
dc.identifier.urihttp://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/xmlui/handle/123456789/14626
dc.description.abstractA definição divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1948 que diz que saúde é: “Um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”, foi capaz de expandir e concretizar o modelo biopsicossocial, tendo uma abordagem mais integral do ser humano. A partir desta concepção, a saúde foi entendida de outras formas até evoluir para a caracterização dos Determinantes Sociais de Saúde. A partir disso, torna-se fundamental considerar os aspectos da fala, da linguagem e da audição como atributos da saúde. No Brasil, um marco importante para o avanço nas questões de saúde, foram as discussões realizadas durante a VIII Conferência Nacional de Saúde e a publicação da Constituição de 1988 em que foi definido o Sistema Único de Saúde (SUS). Uma das profissões inseridas no SUS é a fonoaudiologia e seus campos de inserção em relação à saúde pública tem se tornado mais amplo, sendo possível projetar ações de proteção e recuperação da saúde pois defende-se que a habilidade comunicativa é um dos maiores contribuintes para a qualidade de vida e toda ação preventiva nesta área irá favorecer significativamente para promover saúde em geral. Muitas datas foram importantes para que ocorressem os avanços na concepção de saúde e na atuação fonoaudiológica no Brasil. Um fator relevante para ampliação da oferta em saúde e atuação fonoaudiológica no Brasil foi a conquista do Sistema Único de Saúde. Além de se configurar um modelo de assistência à saúde mais justo e democrático, o SUS contribuiu para um aumento e expansão da atuação fonoaudiológica. A partir dos resultados obtidos nesta pesquisa, foi possível identificar que ao longo dos tempos houveram mudanças acerca do conceito de saúde e com isso, a ampliação e a consolidação da atuação fonoaudiológica. No Brasil, após o estabelecimento do Sistema Único de Saúde, a Fonoaudiologia passou a elaborar propostas e ações a serem praticadas no sistema público de saúde.pt_BR
dc.description.abstractThe definition released by the World Health Organization (WHO) in 1948 that says health is: “A state of complete physical, mental and social well-being and not merely the absence of disease or infirmity”, was able to expand and concretize the biopsychosocial model, considering a more integral approach of the human beings. From this conception, health was understood in other ways until it evolved to the characterization of Social Determinants of Health (SDH). From this, it is essential to consider the aspects of speech, language and hearing as attributes of health. In Brazil, an important milestone for the advancing of health issues was the discussions held during the VIII National Health Conference and the publication of the 1988 Constitution in which the Unified Health System (Portuguese: Sistema Único de Saúde, SUS) was defined. One of the professions included in SUS is speech therapy and its fields of insertion in relation to public health have become more and more broad, being possible to design health protection and recovery actions because it is argued that the communicative ability is one of the biggest contributors to the quality of life and any preventive action in this area will significantly favor health in general. Many dates were important for advances in the conception of health and in speech and performance of speech therapy. A relevant factor for expanding the offer in health and speech therapy in Brazil was the achievement of the Unified Health System. In addition to being a fairer and more democratic model of health care, SUS contributed to an increase and expansion of speech therapy activities. Based on the results obtained in this research, it was possible to identify that, over time, there have been changes regarding the concept of health and, with that, the expansion and consolidation of speech therapy activities. In Brazil, after the establishment of the Unified Health System, Speech Therapy has started to elaborate proposals and actions to be practiced in the public health system.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)pt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectFonoaudiologiapt_BR
dc.subjectSaúde públicapt_BR
dc.subjectSistema Único de Saúdept_BR
dc.subjectSpeech therapypt_BR
dc.subjectPublic healthpt_BR
dc.subjectHealth Unic Systempt_BR
dc.titleA relação entre a evolução no conceito de saúde e a ampliação da atuação fonoaudiológica no Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.institutionPontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)pt_BR
puc.centerCentro de Ciências da Vida (CCV)pt_BR
puc.graduateProgramNão se aplicapt_BR
puc.embargoOnlinept_BR
puc.undergraduateProgramFonoaudiologiapt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record