Show simple item record

dc.contributor.advisorGuzzo, Raquel Souza Lobo
dc.contributor.authorGonçalves, Marcos Antonio Barbieri
dc.date.accessioned2022-02-16T19:00:50Z
dc.date.available2022-02-16T19:00:50Z
dc.date.issued2015-12-01
dc.identifier.urihttp://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/xmlui/handle/123456789/15995
dc.description.abstractA presente dissertação versa sobre as possibilidades de atuação do psicólogo como assistente técnico judiciário na Defensoria Pública em ações de destituição do poder familiar. Os temas abordados abrangem a desigualdade social, as relações de poder no sistema de justiça e o desenvolvimento humano saudável. Estes temas são centrais para o trabalho do psicólogo na Defensoria, posto que este órgão trabalha exclusivamente com o que a legislação estabelece como população economicamente necessitada. O objetivo do trabalho foi o de encontrar uma forma de atuação crítica que seja própria ao lugar do assistente técnico em processos judiciais. Foram pensadas intervenções possíveis ao assistente técnico capazes de modificar as realidades familiares a ponto de se evitar a ocorrência da separação de crianças de seus núcleos familiares decorrente de ação judicial. O método utilizado foi o qualitativo com pesquisa documental, em que nove Procedimentos Administrativos (PA) da Defensoria foram lidos e organizados em vinhetas e casos. Os PA contêm documentos de órgãos como o Ministério Público, Tribunal de Justiça e outros. Foi possível observar quatro situações problemas frequentes nos procedimentos analisados. São elas: bebês acolhidos institucionalmente diretamente da maternidade, avaliação sobre questões materiais, culpabilização individual e falta de embasamento teórico-técnico em documentos. Os problemas foram discutidos a partir do potencial de atuação do assistente técnico no enfrentamento deles. Propostas práticas, tal qual a elaboração de um diário de visitas, foram pensadas no âmbito da atuação do psicólogo. Concluiu-se que ações preventivas e comunitárias se mostram instrumentos úteis à atuação do assistente técnico.
dc.description.abstractThis dissertation deals with the possibilities of action of the psychologist as judiciary technical assistant in the Public Defender in the dismissal of family power lawsuit. The topics include social inequality, power relations in the justice system and healthy human development. These themes are central to the work of psychologists in Public Defender, since this organ works exclusively with whom the law defines as economically needy population. The objective was to find a critical way of action wich is proper to the place of the technical assistant in legal proceedings. Possible interventions was thought to the technical assistant capable to modify the family realities on the prevention of the occurrence of separation of children from their households due to lawsuit. The method used was qualitative documental research, in wich nine Administrative Procedures (PA) of the Public Defender were read and organized into vignettes and cases. The PA contain documents from agencies such as the Public Prosecutor, Court of Justice and others. Thus, it was possible to observe four problem situations that were common in the analyzed procedures. These are: babies institutionalized directly from maternity hospital, evaluation of material issues, individual guilt and lack of theoretical and technical background in the documents. The issues were discussed from the potencial of action of the technical assistant in their confrontation. Practical proposals, like the development of a visitation diary, were thought in the scope of the psychologist s work. It was concluded that preventive and community actions are useful tools to the work of the technical assistant.
dc.language.isopor
dc.publisherPUC-Campinas
dc.rightsAcesso Aberto
dc.subjectassistente técnico judiciário
dc.subjectDefensoria Pública
dc.subjectWinnicott
dc.subjectdestituição do poder familiar
dc.subjectpobreza
dc.subjectJudiciary Technical Assistant
dc.subjectPublic Defender
dc.subjectWinnicott
dc.subjectDismissal of family power
dc.subjectPoverty
dc.titleAssistente Técnico Judiciário na Defensoria Pública: Suporte da teoria de Winnicott
dc.typeDissertação
dc.contributor.institutionPontifícia Universidade Católica de Campinas
dc.identifier.lattes4760584578657826
puc.advisorLattes8863163152848405
puc.refereeGranato, Tania Mara Marques
puc.refereeFulgencio, Leopoldo
puc.refereeLattes0103267726544713
puc.refereeLattes7198839122729741
puc.centerCCV – Centro de Ciências da Vida
puc.undergraduateProgramPrograma de Pós-Graduação em Psicologia


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record